O tamanho da sua literatura - começar do zero

Quando eu resolvi que seria escritora, imaginava o tamanho do investimento, de tempo e dinheiro. Comparei com o que eu vivo na Educação Física. Os anos que levei para me formar, o mestrado, o doutorado, e o gasto com isso tudo. Nunca achei que, na literatura, fosse diferente. Que era eu escrever meia dúzia de coisinhas que, então, os louros todos viriam. Seis anos desde que tomei a decisão de ser escritora, e ainda não cheguei a publicar meia dúzia de coisinhas. Um fato previsível, pelo estilo de vida que levo, açucarado pelo intento: começar do zero.

Muita gente chega aqui no blog com dúvidas, querendo a receita de como virar um escritor lido e publicado, sem qualquer tipo de gasto. Receita que não tenho. Tenho umas outras, de investimentos, que aprendi no curso da BOVESPA, e algo de empreendorismo arrematado sobre as vistas do SEBRAE.

E na onda dessa auto-ajuda literária, só posso dizer que você é do tamanho do seu investimento, sua literatura também.

Eu, com uma profissão paralela muito distante da literatura, tenho mesmo que correr por fora. Talvez quem esteja numa área correlata gaste menos tempo, ou corra mais devagar pela raia de dentro: e como os contatos facilitam nessa etapa! Eu, que não os tenho, invisto em começar a tê-los. Aí está o tempo gasto com eventos, palestras, lançamentos, facebook, msn, skype e todas as possibilidades de estar mais perto do maior número possível de pessoas da área (realmente a corrida é mais tranquila para os que já estão correlatos, os jornalistas, os estudantes e profissionais das letras, os comunicadores, etc, etc, etc).

Isso é

Postagem mais recente Postagem mais antiga Página inicial
Ads Top